sábado, 5 de novembro de 2011

"Eu sou criança. E vou crescer assim. Gosto de abraçar apertado, sentir alegria inteira, inventar mundos, inventar amores. O simples me faz rir, o complicado me aborrece..."

(Fernanda Mello)

Um comentário:

Alê disse...

Esse texto da Fernanda, me toca,


Bjkas