sábado, 23 de julho de 2011

"Só vejo beleza no que transborda, só me interesso pelo que ultrapassa. O comum não me comove, o banal não me toca. Porque eu gosto é do avesso e o contraditório é que me fortalece."

2 comentários:

Claire disse...

E como fortalece.
Um forte abraço.

Alê disse...

Amei a imagem!