quarta-feira, 23 de março de 2011


“Portanto não poderia se comunicar de maneira adulta, posto que a maneira-adulta-de-comunicar-se trata-se de um constante dizer o que não se quer, pedir o que se tem e dar o que não se possui.”

(Triângulo amoroso: variação sobre o tema - O Inventário do Ir-remediável)

3 comentários:

Renata Novacosque. disse...

Amei isso! :)

Juliana Gonçalves dos Santos disse...

Muito bom. Luiza, foi vc quem escreveu essa frase? :)
Beijos.

LUZIA disse...

Juliana, não fui eu quem escreveu.

Este texto é de Caio F. Abreu, do livro:
O inventário do ir-remediável.

Bjoo