segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

"Eu sempre carrego um amor frouxo na bolsa que ama o tempo todo e uma saudade bonita nos olhos. Só por que eu tenho montanhas que se movem todos os dias e não há nada que não possa virar riso."

(Priscila Rôde)

7 comentários:

Tainá Oliveira disse...

até mesmo aquela lágrima que desliza freneticamente, se não agora, mais tarde vira riso! belo post (:

Nara disse...

ooown, que lindo!

"um amor frouxo na bolsa que ama o tempo todo" *-*

My disse...

Amei aki ;)
Adoraria ver vc lá no meu cantinho...
http://cronicasdeanjos.blogspot.com/
bjs

natália persi disse...

muito lindo ! (:
Vou te seguir,segue de volta ?

beijinhos ;*

PARA ALÉM DA DIMENSÃO DE TI disse...

de uma beleza linda esse texto...amei..bjs..boa semana

Karine Lima disse...

Oi, adorei teu blog
estou seguindo,
visita o meu e se gostar
siga tbm! Um beijo.

livreelouca.blogspot.com

♪ Sil disse...

Lindas palavras da Pri!!

bela escolha Luzia.

Tudo tão lindo, tão leve !!


Um beijo!