terça-feira, 25 de janeiro de 2011

"Mais tarde eu saberia que certas experiências se partilham – até mesmo sem palavras – só com gente da mesma raça. O que não significa nem cor nem formato de olho nem tipo de cabelo, mas o indefinível parentesco da alma."

(Lya Luft)

*Dedico este post a todos os amigos do blog, aos quais temos 'o indefinível parentesco da alma'.
Beijos, fiquem em Paz!!

9 comentários:

PARA ALÉM DA DIMENSÃO DE TI disse...

DE facto grande verdade ...da minha parte agradeço..bjs..

Denise Portes disse...

Luzia querida,
As palavras ficam ainda mais mágicas em suas escolhas de poesia.
Um beijo
Denise

Cris Carvalho disse...

Sim, tu és cheia de fé. E de um coração lindo por sinal!

Te deixo um pé de riso,
caso precise de um!


beijocas de luz!

Lua disse...

Concordo, muito bonito esse!

beijo ;)

Hellen Gomes. disse...

Eu tenho pessoas assim as quais chamo de amigos fieis, esse sim eu sei que posso dizer que o composto de alma e corpo são divididos em vários momentos, espero poder contar sempre com eles.
Beijos.

Etiene disse...

lindo demais

Winny Trindade disse...

Amizade, amizade. É bem isso.

Abraço meu.

Noe* disse...

Own, que lindo!
[=
Lya, Lya... Ai, ai!

littletampa disse...

Precisava ler uma coisa assim hoje, bem lindo o seu blog.