quarta-feira, 22 de dezembro de 2010


“Se meus olhos fossem câmera cinematográficas eu não veria chuvas nem estrelas nem lua, teria que construir chuvas, inventar luas, arquitetar estrelas. Mas meus olhos são feitos de retinas, não de lentes, e neles cabem todas as chuvas estrelas lua que vejo todos os dias todas as noites." 

(Caio Fernando de Abreu - O Inventário do Ir-remediável)

4 comentários:

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Que lindas palavras!

Roberta disse...

Muito Lindo!!!
Bjus e Boas Festas!!!

Maria Rita disse...

Tudo está no olho que olha!

Beijos

Sil.. disse...

Caio sabia de tudo, TUDO.

Linda essa foto Luzia.
É tudo de encher os olhos aqui.

Um beijooooooo!!