terça-feira, 29 de junho de 2010


"Viver é uma caminhada e tanto, não tem essa colher de chá de selecionar onde descer. É preciso passar por tudo: pelo desânimo, pela desesperança, pela sensação de fracasso e fraqueza, até que a gente consiga chegar a uma praça arborizada onde iniciam outras dezenas de ruas, outras tantas passagens, e a gente segue caminhando, segue caminhando."

(Martha Medeiros in Divã)

6 comentários:

Priscila Rôde disse...

Por que caminho a gente sempre tem né, Lu? rs

Um beijo, Querida.

Suzi disse...

Segue caminhando ... procurando sempre um caminho de luz.

Lindo, lindo!

Beijos de luz!

.
.

╚►ς੭Crisς੭◄╝ disse...

ς੭ς੭...Realmente a Vida é uma eterna busca pela Felicidade, mais até que cheguemos nela é preciso passarmos pelos desafios que vida nos apresenta. Belissimo...ς੭ς੭

Ju Fuzetto disse...

O seu caminho será sempre de estrelas!!!

beijo

Jacky Simionato disse...

Oiiiii flor,
Muito obrigada por retribuir a visita viu? Gostei muito mesmo =D
Tenha uma ótima quarta!
beejo beejo":"

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do "Entre Aspas". Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/