terça-feira, 4 de maio de 2010


"Eu sou sim a pessoa que some, que surta, que vai embora, que aparece do nada, que fica porque quer, que odeia a falta de oxigênio das obrigações, que encurta uma conversa besta, que estende um bom drama, que diz o que ninguém espera e salva uma noite, que estraga uma semana só pelo prazer de ser má e tirar as correntes da cobrança do meu peito. Que acha todo mundo meio feio, meio bobo, meio burro, meio perdido, meio sem alma, meio de plástico, meio bomba. E espera impaciente ser salva por uma metade meio interessante, que me tire finalmente essa sensação de perna manca quando ando sozinha por aí, maldizendo a tudo e a todos. Eu só queria ser legal, ser boa, ser leve. Mas dá realmente pra ser assim?"

(Tati Bernardi)

10 comentários:

Amélie™ disse...

É... não é fácil.
Pela metade não conseguimos ser felizes.
Bjs.

Nara disse...

A gente consegue ser aos pouquinhos.

Beijo,
Nara

LIANA PAULUKA disse...

Mas sem duvidas é quase impossivel se completo.
;**

Luciana disse...

Tati é fantástica.!

Lia Araújo disse...

Eu sou assim
sempre exagerada
bjos querida

Mario Gioto disse...

Nao da para ser/fazer/conseguir tuuuudo que queremos... mas eh sempre bom ter para onde apontar no horizonte... ^^

um carinho para ti querida..
ainda alimentando seus peixinhos rs... se depender de mim vao ficar gordinhos!

Sil.. disse...

Eu acho esse texto da Tati, uma tremenda reflexão Luzia.
Será que dá realmente pra ser assim??
Quantos questionamentos não me fiz...
Mas, a gente tenta, e tenta e tenta.

Um grande abraço.
Eu adoro passar aqui. Tem uma energia tão boa!!!

Noe* disse...

Amei o texto!!!!
Um beijo =**

Thiara Ribeiro disse...

Axo que um pouquinho...mto raramente, dá pra ser legal...ser boa..ser leve!

Tati Bernardi é um fenômeno!

bjos Luzia!

Thaisa Schelles disse...

Ameiii, adoroo esses textos que você posta aqui;**