segunda-feira, 19 de abril de 2010


"Quando ele sorri desarmado, limitado e impotente, para todas as minhas dúvidas, inconstâncias e chatices, eu sei que é daquele sorriso que minha alma precisava."

(Tati Bernardi)

2 comentários:

Thiara Ribeiro disse...

É desse sorriso q eu tenho tanta saudade!

Sil.. disse...

Tati é maravilhosa né? Adorooo.

Grande abraço Luzia!!