segunda-feira, 12 de abril de 2010


"Estou à procura de um livro para ler. É um livro todo especial. Eu o imagino como a um rosto sem traços. Não lhe sei o nome nem o autor. Quem sabe, às vezes penso que estou à procura de um livro que eu mesma escreveria. Não sei. Mas faço tantas fantasias a respeito desse livro desconhecido e já tão profundamente amado. Uma das fantasias é assim. Eu o estaria lendo e de súbito, uma frase lida, com lágrimas nos olhos diria em êxtase de dor e de enfim libertação: Mas é que eu não sabia que se pode tudo, meu Deus!"

(Clarice Lispector)

3 comentários:

Rê Flor de Lotus disse...

Olá querida! lindos posts, tb estou seguindo suas palavras. beijos

Abraão Vitoriano disse...

clarice encanta sempre...!

beijos,
do homem-menino

fica com Deus!

Geraldo de Barros disse...

como sempre vivo encontrando estrelas aqui

=)

beijo,
G.