segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010


“Que minha humildade seja como a chuva desejada caindo mansa, longa noite escura, numa terra sedenta e num telhado velho.”

(Cora Coralina)

4 comentários:

May Santos disse...

Lindo pensamento!

É bom ler um texto que nos faça refletir sobre a nossa pequeneza...

Estarei te seguindo e lendo sempre os pensamentos que postas aqui...

um abraço

Mayara disse...

O seu blog é um daqueles que fica-se um tempo sem ler e dá saudade. Está cada dia mais lindo!
x)

Luciana disse...

Cora Coralina descreve
muito bem a alma humana.

Gosto muito de lê-la.

abraços .

Krystal Troyano disse...

Dá pra criar tantos exemplos quando a questão é chuva!
Adorei. beijos
Krystal