segunda-feira, 25 de junho de 2012

Dizem por aí que 'o mundo é dos espertos'. E hoje esperteza  é  visto como sinônimo de malandragem,  onde ser esperto é tirar vantagem sobre os outros em seu próprio benefício. Eu me recuso a ser assim, prefiro viver a vida de meu jeito, ingênua e boba, talvez sempre perdendo, mas  nunca deixar de agir de acordo com os meus princípios.  E assim  poder deitar toda noite em meu travesseiro com a  consciência tranquila, com a certeza que não prejudiquei ninguém. Porque eu sei que que no final é entre mim e Deus, e não entre mim e os homens.

(Luzia Trindade)

5 comentários:

Guilherme disse...

Coração sabe o que a cabeça nem desconfia. Coração fala o que razão jamais escuta. Deus sabe a língua em que pulsa o nosso peito.

Laís Araújo disse...

Perfeito o texto!

Brunno Lopez disse...

E pensando assim, você está sendo verdadeiramente mais esperta do qualquer outra pessoa no mundo.

Nada mais honesto e invejável do que seguir as próprias convicções e pegar o preço pelas próprias escolhas.

Texto coerente e direto.

JasonJr. disse...

Nós nos recusamos mocinhas! ;)

Nayara Maranthya disse...

Com toda certeza! Retribuindo sua visita!

Beeeijo da Nay :)
http://simpleseeinefavel.blogspot.com.br/