domingo, 18 de março de 2012

"Porque felicidade é calma. Consciência. É ter talento para aturar o inevitável, é tirar algum proveito do imprevisto, é ficar debochadamente assombrado consigo próprio: como é que eu me meti nessa, como é que foi acontecer comigo? Pois é, são os efeitos colaterais de se estar vivo.

Benditos os que conseguem se deixar em paz. Os que não se cobram por não terem cumprido suas resoluções, que não se culpam por terem falhado, não se torturam por terem sido contraditórios, não se punem por não terem sido perfeitos. Apenas fazem o melhor que podem. Se é para ser mestre em alguma coisa, então que sejamos mestres em nos libertar da patrulha do pensamento. De querer se adequar à sociedade e ao mesmo tempo ser livre.''

(Martha Medeiros)

7 comentários:

Jack disse...

textoo perfeitooooooooo

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Adorei seu blog!
Achei tudo muito lindo.
Voltarei sempre que puder.
Se quiser visitar e seguir o meu também ficarei muito feliz.

Beijos.
Ani 

http://cristalssp.blogspot.com

Laís Araújo disse...

A venturados são aqueles que conseguem se levantar apos o tombo.

Lindo o texto.

beijos

Ká. ✿~ disse...

Ah, Martha.. sempre falando comigo em cada palavra! esse texto traduz muito de tantas coisas que tem me acontecido... como é dificil se adequar e ao mesmo tempo ser livre.... quantos efeitos colaterais por estar viva... e buscar ser livre e feliz enquanto aqui de passagem estiver... ainda bem que Deus sustenta... porque viver não é fácil, mas, vale a pena!!!... que continuemos na esperança do que há de vir, concientes, com calma....

Beijinhos querida
e boa semana!!! ;*

Nos Amando... disse...

felicidade nos
completa.
lindo dia de amanhã bjs

Thaisa Schelles disse...

Esse texto é perfeito demais... "Que sejamos mestres em nos libertar da patrulha do pensamento"
Fala tudo...

Beijos, boa semana

♥ Luciana de Mira ♥ disse...

Martha é maravilhosa com as palavras! Adoro!